O Delator!

Votos do leitores
média de votos
Comédia, Acção 108 min 2009 M/12 22/10/2009 EUA

Título Original

The Informant!

Sinopse

Mark Whitacre (Matt Damon) é um empregado do quadro superior na Archer Daniels Midland (ADM), uma empresa da indústria agro-alimentar de grande relevo na economia americana. Convencido que se tornará num herói de uma nobre causa, decide denunciar as práticas ilegais do negócio. Para reunir as provas necessárias, concorda em trabalhar como informador para o FBI e levar um gravador escondido para as reuniões mais importantes.<br /> Mas o comportamento ambíguo de Whitacre torna as coisas cada vez mais complicadas, levando toda a equipa do FBI a tentar decifrar o que é verdade e o que não passa de invenções da sua mente desorganizada.<br /> Uma comédia realizada por Steven Soderbergh, baseada num escândalo que rebentou nos EUA, em 1993, e que deu origem ao romance de Kurt Eichenwald: "The Informant: A True Story". PÚBLICO

Críticas Ípsilon

O Delator!

Vasco Câmara

Ler mais

O Delator!

Luís Miguel Oliveira

Ler mais

O Delator!

Vasco Câmara

Ler mais

Contado ninguém acredita

Jorge Mourinha

Ler mais

Críticas dos leitores

Gostei muito

Jomirife

Não é um filme de comédia, mas é um filme muito engraçado. A prestação de Matt Damon está muito boa, ele normalmente faz filmes de acção, não esperava que estivesse tão bem. Mas não estava tão engraçado como o trailer parecia mostrar. Nota 4/5, está muito bom, muito engraçado sem se basear em piadas ou fazer comédia. O Melhor: A prestação de Matt Damon. O Pior: nada. [por Jorge Ferreira | Jomirife]
Continuar a ler

Retrato pachorrento

Rui Plácido

A personagem é tudo menos bipolar! Nem um único traço de episódios depressivos e/ou euforia; pelo contrário, que figura tão certinha... Tão-somente manipulador, mentiroso compulsivo, ganancioso, ideação efabulatória, aborrecido da vida por saber que tinha a conta tão bem recheada (ainda muito mais que os 11,5...), no kids and so on... O próprio diagnóstico do psiquiatra é uma caricatura deste e do século passado, atribuindo um label, ainda que errado, para que tudo fosse entendível e que não mais se esmiuçasse. O problema é que assim continuamos, com ligeireza e sem abordar as questões a fundo, a existir com ambições pessoais colando as mentiras (desculpem, inverdades) que se justifiquem. Neste filme só se aproveita este retrato. Pena é que, para isso, dure cerca de duas horas. No final, resta, tal como cá deste lado, a falha narcísica de todos nós, (pseudo) compensando-a no reconhecimento social. Cheers.
Continuar a ler

Bom filme, mas não é divertido.

Valongo

É um filme bastante interessante e muito bem feito, no estudo da personalidade de Mark Whitacre. O actor Matt Damon que o representa, faz um papel fora de série, aliás como todos os outros. Não é um filme fácil e agradável, mas sim um trabalho bem feito. Este deve corresponder com algum rigor à situação real que anunciam. É bom ver o despir de uma personalidade, que deve ser semelhante a muitos que nos rodeiam, e que hoje é considerada uma doença. O ser humano tem dentro de si coisas tão estranhas, que por muito que tentemos descobrir a sua origem, ficamos sempre longe da verdade. Qual a razão de tantas tolices dentro de nós? O filme não explica, mas pelo menos descreve o comportamento bipolar. Se Whitacre faz isso por remorsos, por nítida paranóia, ou por oportunismo, cada um pense por si. Essa é a maravilha do cinema.
Continuar a ler

Que seca!

t

Um dos filmes com menos ritmo que alguma vez vi. Que dinheiro desperdiçado!
Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!