Críticas Ipsilon

Últimas

Ruído Branco

Há festa no supermercado

Luís Miguel Oliveira

Ruído Branco é o pior filme de um realizador que teve começos auspiciosos.

Ler mais

Os Irmãos de Leila

Por um punhado de moedas de ouro

Luís Miguel Oliveira

Retrato, bastante severo, da vida iraniana citadina de todos os dias, conservando uma dimensão crucial de fábula económica.

Ler mais

Corsage - Espírito Inquieto

Sissi no colete de forças

Jorge Mourinha

Sob os traços de Vicky Krieps, a austríaca Marie Kreutzer desenha um espantoso retrato fragmentado de mulher prisioneira do seu tempo.

Ler mais

O Menu

O chef exterminador

Jorge Mourinha

O Menu é uma sátira maldisposta, divertida e pontualmente perturbante às desigualdades sociais e à gastronomia de luxo, com Ralph Fiennes em grande forma.

Ler mais

Suzanna Andler

Charlotte Gainsbourg em estado de graça

Jorge Mourinha

Uma actriz em estado de graça chega e mais do que sobra para um filme que respeita (talvez em excesso) a voz de Marguerite Duras.

Ler mais

Estranho Mundo

Os salteadores da arte perdida

Jorge Mourinha

Há muita inventividade visual na nova animação da Disney, mas é a linha de montagem.

Ler mais

Pinóquio de Guillermo Del Toro

Pinóquio, um boneco de madeira entre os fascistas

Luís Miguel Oliveira

Guillermo del Toro é mais adulto a falar para crianças do que quando se quer dirigir a adultos.

Ler mais

Ela Disse

Palavra de honra

Jorge Mourinha

É preciso vir uma cineasta alemã, Maria Schrader, para mostrar aos estúdios como é que se faz um belo filme clássico? Ela Disse é tão conseguido que dá a entender que sim.

Ler mais

Um Herói Anónimo

O santo hospitaleiro, o jihadista e a prostituta

Luís Miguel Oliveira

A traço grosso, o que corta o entusiasmo, o social, o político e o sexual neste menos bom filme de Alain Guiraudie.

Ler mais

Black Panther: Wakanda para Sempre

Wakanda para Sempre: a rebelião não é aqui

Luís Miguel Oliveira

Muda a demografia dos super-heróis mas não muda a tentação fascista desse mundo.

Ler mais