Cinecartaz

Pub

Graças a Deus

Título original:
Grâce à Dieu
De:
François Ozon
Com:
Melvil Poupaud, Denis Ménochet, Swann Arlaud, Éric Caravaca
Género:
Drama
Outros dados:
BEL/FRA, 2018, Cores, 137 min.

Alexandre fica chocado quando descobre que o padre Bernard Preynat, que abusou sexualmente dele durante a adolescência, voltou a Lyon (França), depois de anos de ausência. Incomodado com aquele regresso e assaltado por memórias dolorosas, Alexandre sente que é chegado o momento de o denunciar. Contudo, quando faz uma queixa aos superiores de Preynat, nota alguma desvalorização do sucedido. Confiante de que tem obrigações perante os seus próprios filhos e todas as crianças que alguma vez conviveram com Preynat, Alexandre resolve ir adiante e publica uma carta onde revela os abusos. A sua esperança é que outras vítimas tomem coragem e dêem a cara. Logo após a publicação, é contactado por François e Emmanuel que, tal como ele, estão dispostos a testemunhar. Mas ninguém poderia prever as pressões a que seriam sujeitos até que a Igreja quebrasse o código de silêncio e tomasse as medidas necessárias para condenar um dos seus pelo crime de pedofilia.
Uma história dramática baseada em factos reais que ocorreram em França durante as décadas de 1980/90 – mas que só se tornaram públicos em 2014/2015 – relativos aos abusos sexuais praticados pelo padre Bernard Preynat a centenas de jovens escuteiros. Vencedor do Urso de Prata no Festival de Cinema de Berlim, o filme é realizado por François Ozon e interpretado por Melvil Poupaud, Denis Ménochet, Swann Arlaud, Éric Caravaca, François Marthouret e Bernard Verley, entre outros. PÚBLICO

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 22 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores