O Som Que Desce na Terra

Votos do leitores
média de votos
Drama 104 min 2021 M/12 11/11/2021 POR

Título Original

Sinopse

Portugal, década de 1960. Há já algum tempo que Maria da Luz não tem notícias de Joaquim, o marido, que foi combater na Guerra do Ultramar. Segundo fontes oficiais, ele encontra-se desaparecido depois de uma operação no mato. Desesperada, resolve ir ela própria a Angola para perceber o que se passou. Compreendendo o quanto o seu sofrimento é partilhado por muitas outras pessoas, decide procurar as famílias de soldados destacados, gravar mensagens com as suas vozes e entregá-las em mãos, para acalmar as dores e encurtar a distância. 
Realizado por Sérgio Graciano ("Perdidos", "Linhas de Sangue", “A Impossibilidade de Estar Só”, “Salgueiro Maia - O Implicado"), um filme sobre o impacto da Guerra Colonial, que segue um argumento de Joana Andrade e Filipa Poppe. Com Gabriela Barros como protagonista, “O Som Que Desce na Terra” conta também José Condessa, Joaquim Horta, Lourenço Conde, Margarida Marinho, Guilherme Oliveira, Rita Tristão, Samuel Alves, Vicente Wallenstein, Joana Seixas, José Raposo, Tiago Retré, Gonçalo Carvalho e Catarina Couto. PÚBLICO

Críticas Ípsilon

Madrinha de guerra

Jorge Mourinha

Uma história verídica da Guerra Colonial serve de pretexto para um melodrama à medida do pequeno ecrã.

Ler mais

Críticas dos leitores

Brincar aos filmes

Elias Ferreira

Este filme é puro amadorismo. Feito com a preguiça dos que só viram frangos, parece uma telenovela para ver e deitar fora. Os erros no retrato da guerra colonial são de palmatória. Vê-se mesmo que não quiseram perder tempo a fazer pesquisa. Os actores em registo de TV também não ajudam as subtilezas da história a funcionar.
Continuar a ler

Só uma boa história.

João Gonçalves

Só uma boa história. A parte militar é um escândalo. O "realizador" não soube aconselhar-se com quem viveu a Guerra Colonial. O passeio da senhora a pé de quartel para quartel pela picada asfalta é para chorar. No mato não se usavam galões ou divisas, etc., etc. Enfim, um desastre.
Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!