O Grande Mestre

Votos do leitores
média de votos
Acção 130 min 2013 M/12 12/12/2013 China, Hong-Kong

Título Original

Yi dai zong shi

Sinopse

Esta é a história de Yip Man, o lendário mestre chinês de Wing Chun, desde os anos 1930 até ao início da década de 1950. Perturbado pela invasão japonesa, o país vive um período conturbado que vai corresponder a uma espécie de “idade de ouro” das artes marciais chinesas e transformar Yip Man num mestre venerado. Entre os seus alunos encontramos o famoso actor e realizador Bruce Lee, que fez do Wing Chun uma arte marcial famosa em todo o mundo. Cinco anos depois da aventura americana de "My Blueberry Nights - O Sabor do Amor", Wong Kar-wai, o aclamado realizador de "Disponível Para Amar" e "2046", regressou a Hong Kong para filmar "O Grande Mestre", que abriu a edição de 2013 do Festival de Berlim. O elenco inclui Tony Leung, Zhang Ziyi e Wang Qingxiang, entre outros. PÚBLICO

Críticas Ípsilon

O Grande Mestre

Vasco Câmara

Ler mais

O Grande Mestre

Jorge Mourinha

Ler mais

Disponível para o kung-fu

Luís Miguel Oliveira

Ler mais

Críticas dos leitores

4 estrelas

JOSÉ MIGUEL COSTA

Os filmes "Chungking Express", "Fallen Angels", "Happy Together", "In the Mood for Love" e "2046" (podendo considerar-se os 2 últimos enumerados como verdadeiras obras-primas) são razões mais que suficientes para afirmar, com convicção, que o Wong Kar Wai é um dos meus realizadores de eleição. Poucos conseguem aliar com tanta competência uma boa história (mesmo que esta seja simples) com um modo de filmar arrebatador (obtendo, por norma, como resultado final cenas que podem ser caracterizadas como autênticas "pinturas em movimento" - excepção feita à sua anterior obra, "My Blueberry Nights", uma cedência/"piscar de olho" sem sentido ao "americanismo"). No entanto, o "Grande mestre" é "apenas" extremamente belo, faltando-lhe um argumento mais interessante/consistente (talvez a linearidade do tema explorado - a biografia, tratada em modo épico, de Yip Man, o lendário mestre chinês da arte marcial Wing Chune - também não permita grandes "deambulações", mas tratando-se do mestre - do qual se espera sempre o máximo - fiquei com uma sensação de "sabor a pouco" e de que poderia "ter ido, quiçá, mais longe"). <br />E dito isto, sinto que cometi a maior das blasfémias, uma vez que, independentemente desta sua "fragilidade", o filme é, sem qualquer sombra de dúvida, bom (sem o "muito") - poucos conseguiriam fazer melhor -, e de visionamento obrigatório.
Continuar a ler

4*

Os Filmes de Frederico Daniel

Gostei bastante do que vi, muito bom...
Continuar a ler

Wong Kar Wai é muita areia

Mario Bastos

Wong Kar Wai é muita areia para a camioneta dos críticos cinéfilos oficiais de serviço. <br />Por favor arranjem alguém que saiba apreciar cinema.
Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!