Furiosa: Uma Saga Mad Max

Imagem Cartaz Filme
Foto
Votos do leitores
média de votos
Imagem Cartaz Filme
Foto
Votos do leitores
média de votos
Ficção Científica, Acção 148 min 2024 M/14 23/05/2024 Austrália

Título Original

Num futuro pós-apocalíptico onde todos se regem pela lei da força, apenas uma coisa tem valor: a gasolina, símbolo de poder entre os gangues de motociclistas que se impõem sobre os mais fracos. Furiosa era ainda criança quando foi arrancada da sua família e levada para a Wasteland por um grupo de selvagens liderado por Dementus, o Senhor da Guerra. Agora que os anos passaram e se foi tornando mais forte, Furiosa quer vingança.

Furiosa: Uma Saga Mad Max tem realização, produção e argumento do australiano George Miller – o criador da lendária personagem que encheu salas de cinema por todo o mundo durante a década de 1980 e que valeu a Mel Gibson o reconhecimento internacional com os filmes "Mad Max - As Motos da Morte" (1979), "Mad Max 2: O Guerreiro da Estrada" (1981) e "Mad Max 3: Além da Cúpula do Trovão" (1985).

Agora, é contada a origem da corajosa Furiosa, que mais tarde se tornou aliada de Max em "Mad Max: Estrada da Fúria" (2015). Com Alyla Browne e Anya Taylor-Joy a assumirem o papel que em 2015 tinha sido atribuído a Charlize Theron, o elenco conta ainda com as actuações de Chris Hemsworth, Charlee Fraser e Lachy Hulme, entre outros. PÚBLICO

Críticas Ípsilon

Velocidade (pouco) Furiosa no regresso da saga Mad Max

Jorge Mourinha

Há inteligência, honestidade, talento e Anya Taylor-Joy nesta “prequela” de Mad Max: Estrada da Fúria. Mas não há surpresas, apenas um “apêndice” da saga contado em velocidade de cruzeiro.

Ler mais

Sessões

Críticas dos leitores

Um filme entre o suficiente mais e o bom pequeno

Paulo Lisboa

Fui ver o filme porque achei o argumento potencialmente interessante e porque sou apreciador da saga «Mad Max». Gostei do filme. É um filme que se vê mais ou menos bem, a realização é competente, embora não deslumbre, a actuação de todos os actores é boa, tal como a fotografia do filme.

Pena é o filme por vezes se perder em cenas desnecessárias e arrastar-se um pouco. Estamos perante um filme entre o suficiente mais e o bom pequeno que recomendo apenas para quem goste da saga do «Mad Max». Numa escala de 0 a 20 valores, dou 14 valores a este filme.

Continuar a ler

Fsf

Carlos

É onde vamos direccionados.

Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!