Acto de Amor

Votos do leitores
média de votos
Drama 131 min 1992 M/12 01/01/1900 EUA

Título Original

Lorenzo's Oil

Sinopse

Aos seis anos, o único filho de Augusto e Michaela Odone, Lorenzo, começou a apresentar diversos problemas de ordem mental. Os médicos diagnosticaram-lhe adrenoleucodistrofia (ALD) - uma doença degenerativa rara (existirá um caso em cada 20 mil nascimentos), incurável e hereditária, que atinge apenas o sexo masculino e que começa a manifestar-se entre os seis e os oito anos, afectando o cérebro, a medula e os nervos periféricos e resultando na morte do paciente. Perante a ausência de tratamento e a incapacidade dos médicos, os Odone decidiram pôr mãos à obra e, apesar de nenhum dos dois ter estudado medicina, acabaram por desenvolver uma terapia, actualmente adoptada um pouco por todo o mundo, que inverte os defeitos bioquímicos da ALD. A história que emocionou os Estados Unidos, acabou por ser levada ao grande ecrã em 1992 por George Miller (co-argumentista, realizador e co-produtor de "Acto de Amor"), ele próprio um médico, que escolheu Susan Sarandon e Nick Nolte para vestirem a pele do casal atormentado por um único objectivo: salvar o filho de seis anos de uma morte agonizante. Sarandon, a mãe incansável, determinada a acreditar que o filho vai ficar bom e que lhe continua a ler livros apesar de os médicos dizerem que ele já não ouve, viu o seu nome indicado para um Óscar e para os Globos de Ouro. A Academia seleccionou ainda Miller (realizador de "Mad Max" ou de "As Bruxas de Eastwick" e autor do argumento de "Um Porquinho Chamado Babe") e Nick Enright para a categoria melhor argumento original.<p/><b>Carla B. Ribeiro</b> (PUBLICO.PT)

Críticas dos leitores

Não existem críticas dos nossos leitores. Por favor envie-nos a sua através do formulário.

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!