Vício Intrínseco

Votos do leitores
média de votos
Comédia Dramática 148 min 2015 M/16 19/02/2015

Título Original

Inherent Vice

Sinopse

<div>Los Angeles (EUA), finais dos anos 1960. Há já algum tempo que o detective Doc Sportello não vê a ex-mulher. Certo dia, ela aparece para solicitar os seus serviços de forma a encontrar o paradeiro do seu novo namorado, um milionário supostamente raptado pela mulher dele e o amante dela. Sportello vê-se assim envolvido numa complicada teia de intrigas, onde terá de fechar os olhos aos seus escrúpulos e a muitas e complexas questões legais.</div><div>Com realização de Paul Thomas Anderson ("Magnólia", "Haverá Sangue", "O Mentor"), e com personagens tão diversas como proxenetas, toxicodependentes, agiotas, agentes da polícia ou um saxofonista numa missão secreta, um "thriller" psicadélico que adapta o romance homónimo do escritor norte-americano Thomas Pynchon. A compor o elenco estão os actores Joaquin Phoenix, Josh Brolin, Owen Wilson, Katherine Waterston, Reese Witherspoon, Benicio del Toro, Jena Malone, Joanna Newsom e Martin Short. "Vício Intrínseco" recebeu duas nomeações para os Óscares, nas categorias de Melhor Argumento Adaptado e Melhor Guarda-Roupa. PÚBLICO</div>

Realizado por

Paul Thomas Anderson

Elenco

Josh Brolin, Joaquin Phoenix, Owen Wilson

Críticas Ípsilon

O imenso logro

Vasco Câmara

A pose “charrada” parece justificar tudo, mas disfarça mal a autocondescendência. Que tal (re)descobrir O Imenso Adeus, de Altman?

Ler mais

O fumeiro das vaidades

Jorge Mourinha

Paul Thomas Anderson confirma ser o verdadeiro herdeiro da "nova Hollywood" em mais um grandíssimo filme.

Ler mais

A grande moca americana

Luís Miguel Oliveira

Paul Thomas Anderson nunca filmou a América de forma tão divertida, e desde Boogie Nights que não o fazia de maneira tão conseguida.

Ler mais

Críticas dos leitores

Frederico Daniel

<p>Quando páro um filme a meio para o ver o que resta dele no outro dia é mau sinal, muito mau sinal. Foi o que me aconteceu o aborrecido e secante "Vício Intrínseco". <br />Este tem um elenco de luxo, mas isso não é tudo e não impediu que eu o achasse uma treta. Houve demasiados momentos em que eu quase adormeci a ver este "Inherent Vice". <br />1* <br />Lê a análise completa em osfilmesdefredericodaniel.blogspot.pt/2015/06/vicio-intrinseco.html <br />Cumprimentos, </p><p>Frederico Daniel</p>

Continuar a ler

Rui

Um filme desconexo.

Continuar a ler

JOSÉ MIGUEL COSTA

“Thriller” psicadélico e alucinado (ou não andasse uma nuvem de ganza sempre a pairar no ar) polvilhado com humor negro e sui generis/descabido (a grande mais valia desta obra - não esquecendo, como é evidente, a performance absolutamente cativante do Joaquin Phoenix no papel de um bizarro detective hippie). Todavia, confesso que é um filme algo complexo (mas quem não quiser esforçar os neurónios que vá ver "as cinquenta sombras de grey") que exige uma atenção redobrada devido à sua narrativa dispersa e povoada por inúmeras "sub-histórias" (nem sei se esta expressão existe smile emoticon) – que, metaforicamente, são como uma espécie de matrioskas russas. No entanto, "entre mortos e feridos, alguém há-de escapar" e no final os "nós lá acabam por entrelaçar-se" e a coisa compõe-se na nossa cabeça. <br /> Em suma, é, sem dúvida, um bom filme -repito- muito graças ao seu humor non sense, no entanto, não chega aos calcanhares dos geniais "Magnólia" e "Haverá Sangue".

Continuar a ler

Mike

‘Inherent Vice’ é uma gigantesca trip noir niilista flower power. Nunca se fez um filme assim e é o mais perto que o cinema americano esteve este ano de verdadeira arte. E essa originalidade, nos dias de hoje, vale ouro, independentemente do seu valor comercial. <br />Mais em: eusoucinemapt.blogspot.pt/2015/02/inherent-vice.html

Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!