O Grande Gatsby

Votos do leitores
média de votos
Romance, Drama 143 min 2013 M/12 16/05/2013 EUA

Título Original

The Great Gatsby

Sinopse

No início dos anos 1920, numa profusão de luxo, álcool e dinheiro, uma figura misteriosa instala-se em Long Island, EUA. Quem é esta personagem sedutora, cujas festas na mansão privada em West Egg atraem a alta sociedade de toda a região? Os mais variados rumores sobre a origem da sua fortuna circulam. Será ele um espião ou um lord inglês? Um herói de guerra ou um simples exibicionista? Mais tarde, a verdade será revelada e, para surpresa de todos, tudo se resume a uma trágica – e obsessiva – história de amor. <br />Com argumento e realização de Baz Luhrmann (“Moulin Rouge”, “Austrália”), esta é a adaptação cinematográfica da obra homónima de F. Scott Fitzgerald, editada pela primeira vez em 1925 e que, décadas depois, se transformou num dos mais importantes romances da literatura mundial. Nos principais papéis encontramos Leonardo DiCaprio, Carey Mulligan, Tobey Maguire e Joel Edgerton. PÚBLICO

Críticas Ípsilon

O Grande Gatsby

Luís Miguel Oliveira

Ler mais

O Grande Gatsby

Vasco Câmara

Ler mais

Novos ricos

Jorge Mourinha

Ler mais

Críticas dos leitores

Volupia de luz e som = Baz Luhrmann

MMorais

<p>Baz Luhrmann é talvez o mais fascinante realizador da história do cinema. Quem critica este filme não o conhece e não vai muito ao cinema.</p>
Continuar a ler

Muito barulho por nada...

Cerveira Pinto

Uma história magnífica contada da forma mais desastrada possível. O ritmo e movimento de um filme não se conseguem através de movimentos de câmara e "takes" que não excedem os 4 segundos. Os personagens navegam pela tela sem alcançar a densidade expectável na história, a direcção de actores é pura e simplesmente inexistente. O barulho, a artificialidade plástica que perpassa por todo o filme transformam-no num pastiche inenarrável...
Continuar a ler

Muito bem conseguido em estilo próprio

Ricardo

<p>Para quem gostou do livro e queria vê-lo grande estilo no cinema, esta versão atinge todos os objectivos. Alguns comentários sem ser spoiler: O elenco encaixa na perfeição às personagens; O ambiente frenético dos anos 20 sente se durante todo filme; O dramatismo é fiel ao livro e fornece um ritmo envolvente do princípio ao fim. Único aspeto mais discutível: música pop nas festas. Ainda assim foi do agrado de todos os que assistiram comigo. A não perder.</p>
Continuar a ler

Uma pena

Filipe

<p>Como eu gostava de dizer que tinha gostado do filme. Infelizmente, uma perda de tempo. Demasiados efeitos especiais, para dar grandeza, que soa tão a falso que só estraga. Não se salva nada, só a história (e o guarda roupa) que aguenta todos os atropelos. Os actores cumprem, Di Caprio, no seu estilo semi-canastrão, Carey no mesmo registo com cara sofrida de "Shame", também podia ter sussurrado New York, New York, que lhe ficava tão bem e ajudava a compor. E Tobey, na pele de narrador, ainda foi o melhorzinho. Muito fogo de artifício e néon, num estilo muito pop, que abafou a história. Uma pena.</p>
Continuar a ler

Gatsby o quê ...?

José de Almeida

De fascinante a patético, do livro à tela, é o percurso deste Gatsby. Uma decepção total.
Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!