Cinecartaz

Pub

Jojo Rabbit

Título original:
Jojo Rabbit
De:
Taika Waititi
Com:
Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Scarlett Johansson, Taika Waititi, Sam Rockwell
Género:
Guerra, Comédia Dramática
Classificação:
M/12
Outros dados:
EUA/Nova Zelândia/República Checa, 2019, Cores, 108 min.

A acção decorre na Alemanha, durante Segunda Grande Guerra. Jojo tem dez anos e é um fervoroso adepto do nazismo. Tendo Adolf Hitler como ídolo e amigo imaginário, mal pode esperar para se tornar membro da Juventude Hitleriana, que transforma crianças e adolescentes comuns em perfeitos espécimes da raça ariana. Até ao dia em que conhece uma rapariga judia que a mãe mantém escondida no sótão de sua casa. Se, a princípio, Jojo não consegue esconder a aversão que ela lhe causa, com o passar do tempo, acaba seduzido pela sua humanidade. Essa amizade vai vira-lhe o mundo do avesso e fazê-lo colocar em causa tudo aquilo em que sempre acreditou.
Uma comédia nos limites do absurdo, com assinatura do realizador de ascendência judia Taika Waititi – que também dá vida à personagem de Hitler, o amigo fictício do protagonista –, numa adaptação do romance "O Céu Numa Gaiola", de Christine Leunens. Os actores Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Scarlett Johansson, Sam Rockwell e Rebel Wilson também participam no elenco. Estreado no Festival Internacional de Cinema de Toronto, onde recebeu o prémio do público, "Jojo Rabbit" foi nomeado para seis Óscares – entre as quais Melhor Filme, Melhor Actriz Secundária (Johansson) –, recebendo o de Melhor Argumento Adaptado. PÚBLICO

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 108 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores