Cinecartaz

Alexandre M. F.

Não é obra-prima, mas vê-se bem...

Estou inteiramente de acordo com alguns dos leitores que aqui criticaram. "Kill Bill vol.2" infelizmente parece distante no tempo, devido exactamente a este corte entre os dois volumes. Parece inclusive que há uma preocupação de Tarantino de colocar o maior número de géneros no mais curto espaço de tempo no volume 2. Enquanto o volume 1 seguia uma sequência lógica de acção apesar do ritmo frenético, aqui há uma espécie de colagens que pressupõe uma série de TV ao invés de um filme de cinema. Julgo que, se calhar, teria resultado melhor na TV com uns quatro episódios... Bom, mas longe de ser obra-prima.

Publicada a 10-05-2004 por Alexandre M. F.