Cinecartaz

Miguel Oliveira Santos

Por amor a Deus

Há críticos que escrevem com um único objectivo: dizer mal. Posso tolerar que não gostem do estilo, da montagem, da imagem (genial, Óscar!), mas criticar o argumento do filme desta maneira? Só existe uma explicação: não leram o livro (fundamental para entrar no filme,muito mais ligeiro), não conhecem a realidade da "Cidade de Deus" e da "Cidade Maravilhosa", nem a obra de Fernando Meirelles. Já agora, que tal procurarem ver mais filmes do muito profícuo "novo" cinema novo Brasileiro? Há muito para ver.

Publicada a 19-02-2004 por Miguel Oliveira Santos