Cinecartaz

Raul Gomes

Uma carta de amor a Hollywood

Que nos apresenta num festival de homenagem ao fim de uma época dourada.
A partir dessa data 1969, tudo se transformou, o mundo mudou, pensemos que para melhor, com o aparecimento ou confirmação de novos músicos e realizadores.
Este filme, magistralmente apresentado, como argumento, montagem, flashbacks poderosos e fotografia excepcional, tal como a música.
Filme absolutamente a não perder, até porque a ser verdade poderá ser a penúltima oportunidade.
Duas palavras finais para o fabuloso twist final e para a cena que ficará na antologia da melhor cena com um animal, tão credível e bem montada que está, que nos convence que é verdadeira, porque nada soa a falso.
Tal como no filme.

Publicada a 21-08-2019 por Raul Gomes