Primavera, Verão, Outono, Inverno... e Primavera

Votos do leitores
média de votos
Drama 103 min 2003 M/12 03/06/2004

Título Original

Spring, Summer, Fall, Winter... and Spring

Sinopse

Dois monges partilham um mosteiro flutuante, num lago rodeado de montanhas. À medida que as estações se sucedem, as suas vidas tornam-se mais intensas, o que os conduz a uma enorme espiritualidade, mas também à tragédia. Sob o olhar atento do Velho Monge, um jovem monge experimenta a perda da inocência: as brincadeiras que se transformam em crueldade, o despertar do amor quando uma mulher entra no seu mundo fechado, o poder assassino do ciúme e da obsessão, o preço da redenção, a iluminação da experiência. <p/>PUBLICO.PT

Realizado por

Kim Ki-duk

Elenco

Young-min Kim, Kim Ki-duk, Yeong-su Oh

Críticas Ípsilon

A roda da vida

Luís Miguel Oliveira

Ler mais

Críticas dos leitores

GB

É lindo, lindo, lindo...! É um filme para sentir, não para pensar. As críticas têm razão de ser, mas não têm qualquer importância enquanto se está a sentir o filme. E a gente precisa tanto de bocadinhos assim, entregues só ao sentir...

Continuar a ler

Paulo Cruz Mendes

Eis um caso típico em que se demonstra que o lugar e o tempo de uma acção não são o suficiente para mostrar uma cultura. Este filme não tem nada de budista. (É importante o dado da crítica de Luís Miguel de Oliveira, que diz que o autor afirmou ser cristão e pouco conhece do budismo). Efectivamente, o episódio em que o protagonista, já na idade madura, se obriga a carregar uma pedra até ao alto de um monte tem tudo a ver com a "consciência de culpa" cristã e é completamente alheia ao budismo. Os "ares budistas" do filme são superficiais.

Continuar a ler

edgarsantos

Cada vez mais os filmes orientais têm surpreendido! Como é o caso de "Samaria" e agora este. Acho que é tempo da industria cinematográfica americana ficar de lado porque a Corea ou a China estão no seu auge. "Primavera..." é um filme agradável de se ver, mas tem uma particularidade. É que requer algum conhecimento sobre budismo. E podemos ficar em branco em algumas cenas do filme. Tomo as estações como as fases de crescimento (criança, adolescência...) e todos os ensinamentos que recebemos, uma questão de educação na vida e para a vida.

Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!