Cinecartaz

Pub

Que Estranho Chamar-se Federico

Título original:
Che strano chiamarsi Federico
De:
Ettore Scola
Com:
Tommaso Lazotti, Maurizio De Santis, Giacomo Lazotti
Classificação:
M/12
Outros dados:
ITA, 2013, Cores, 90 min.

Nascido em Rimini (Itália), a 20 de Janeiro de 1920, Federico Fellini é considerado um dos mais influentes realizadores da História do Cinema. Durante quase quatro décadas, criou um estilo próprio que deixou marcas na cinematografia mundial com filmes tão emblemáticos como "La Dolce Vita", "8½" ou "Amarcord". Numa mistura de ficção e documentário, o octogenário Ettore Scola – com a ajuda das suas filhas, Paola e Sílvia, que o apoiam no argumento – faz uma análise da carreira do cineasta, revisitando filmes e lugares, e recriando momentos-chave da sua vida. Ettore Scola conheceu Fellini em 1947 e foi um dos seus amigos mais próximos até à sua morte, em 1993.
Projectado no Festival de Cinema de Veneza em 2013, "Que Estranho Chamar-se Federico"– título que cita um poema de García Lorca – é um filme-homenagem ao grande mestre italiano, no ano do 20.º aniversário da sua morte. PÚBLICO

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 19 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores

Não existem críticas dos nossos leitores. Por favor envie-nos a sua através do formulário à sua esquerda.