Um Sonho Possível

Votos do leitores
média de votos
Drama 128 min 2009 M/12 25/03/2010

Título Original

The Blind Side

Sinopse

<p>Michael Oher (Quinton Aaron), um adolescente traumatizado e abandonado à sua sorte, tem três capacidades que o tornam muito especial: resiliência, uma aptidão inata para o desporto e um instinto de protecção particularmente apurado. Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock, no papel que lhe valeu o Óscar de Melhor Actriz Principal) é uma mulher da classe alta, decidida e autoritária, mas cujo enorme coração tem sempre espaço para mais um. A força do acaso junta-os e, o que poderia ser unicamente um gesto de generosidade, transforma-se no grande momento de viragem nas suas vidas...<br /> Realizado por John Lee Hancock, o filme é baseado no livro "The Blind Side: Evolution of a Game" de Michael Lewis, sobre a história verídica do jogador de futebol americano Michael Oher que viria a tornar-se uma estrela.<br /> Como Leigh Anne, Sandra Bullock arrebatou o Óscar de melhor actriz e o Globo de Ouro de melhor actriz dramática; o filme, entre outras distinções, foi nomeado para melhor produção pela Academia de Hollywood.</p> <p>PÚBLICO</p>

Realizado por

John Lee Hancock

Elenco

Quinton Aaron, Tim McGraw, Sandra Bullock

Críticas Ípsilon

Um Sonho Possível

Mário Jorge Torres

Ler mais

Críticas dos leitores

Henrique Monteiro

As pessoas vêem outras pessoas na rua sem nada, tristes e na miséria, e no entanto, apesar das lamentações e da pena, a única coisa que lhes ocorre é sentir isso, mais nada, mas neste filme não estamos perante isso. Sandra Bullock demonstrou neste filme que basta uma acção para mudar a vida de uma pessoa e Leigh Anne conseguiu mudar a vida de Michael, evitando que ele se tornasse num vândalo e criminoso, mas tornando-o numa pessoa com um futuro brilhante. E apesar de várias pessoas porem isso em causa, os professores do colégio, as amigas de Leigh Anne, esta não desistiu de salvar uma pessoa, uma alma e essa pessoa, Michael Oher certificou que não a desiludiria. Basta uma pessoa para fazer a diferença; como se viu neste filme, até se consegue salvar a alma de uma pessoa. A interpretação de Sandra Bullock foi uma das melhores que se assistiu, ela de facto mereceu o Óscar e estava na altura de merecer um, depois de tantas comédias e filmes de acção, todas as personagens são fortes, dinâmicas e revelam as emoções que faltam na sociedade em todo o mundo, visto que isso um dia será necessário para a sociedade sobreviver. O que mais me agradou neste filme foram de facto as personagens, o facto de este filme se tratar de um forte drama, juntamente com um pouco de comédia. Este filme é de cinco estrelas e toda a gente, especialmente os pais com os filhos, deve vê-lo.

Continuar a ler

Nazaré

É uma história que merece ser contada: como um rapaz cheio de mansidão e uma mulher com o melhor sentido de caridade no seu coração se salvam mutuamente, a ele duma vida de miséria e possivelmente de crime, a ela duma rotina dourada mas apenas materialista. E como isso contagiou tanta gente. Com todos os ingredientes de autenticidade dum relato biográfico, a história está muito bem contada, não evitando os detalhes mais desagradáveis nesse percurso, o realismo das dificuldades que pareciam inultrapassáveis, a presença contínua do fracasso. Muitas lições a aprender, para quem quiser vê-las. Sandra Bullock está ao seu sempre alto nível, mas não é menor o brilho (contido) de Quinton Aaron, a perfeita incarnação dum miúdo sem esperança ou medo ou queixas, numa palavra: enigmático. Boa banda sonora.

Continuar a ler

mags

Sem dúvida um filme muito agradável para se ver em familia,e para apreciar a potencial luta contra a discriminação e a forma como a personagem representada por Sandra Bullock ajuda, sem quaisquer reservas e de forma tão determinada, um jovem traumatizado por uma infância, o qual não tinha um tecto até que esta mulher e a sua família, lhe providenciaram tudo aquilo que necessitava e lhe deram asas para voar. Um filme muito leve, mas ao mesmo tempo envolto numa atmosfera passada pesada, vale a pena, essencialmente pela interpretação marcante de Sandra Bullock.

Continuar a ler

Mcv

Este filme é uma verdadeira surpresa, paesar de ser um "filme pipoca". Não vou adiantar muito para não o estragar. Tentem ir ver o filme sem ler nada sobre ele, pois assim é bem mais agradável. Uma bela história. Destaque óbvio para a Sandra Bullock que faz talvez o melhor papel da carreira.

Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!