Cinecartaz

Caetano Brandão

Cafarnaum

Sou ateu, mas por amor de deus, ó Luis Miguel Oliveira, vá fazer melhor! 
Este filme sublime marca indelevelmente qualquer pessoa que o veja. Devia ser obrigatório passar nas escolas do mundo ocidental porque uma imagem vale mais que mil palavras...

Publicada a 22-03-2019 por Caetano Brandão