Cinecartaz

Frank Booth

O (não) regresso de Carpenter

Este Carpenter (?) aborrece. É pena, porque depois de um interregno de 10 longos anos sem longas-metragens, só podíamos esperar algo em grande de um dos Mestres. E o que ele nos deu foi este "Hospício". Será que ele está zangado com o seu público? Esperemos que Scorsese não fique chateado com esta cópia previsível e chata que Carpenter realizou. Urgente: rever rapidamente os seus verdadeiros filmes. Caso contrário, podemos também ir parar ao Hospício, de tanto bater com a cabeça nas paredes.

Publicada a 08-09-2011 por Frank Booth