Yves Saint-Laurent

Votos do leitores
média de votos
Biografia 106 min 2014 M/16 19/06/2014

Título Original

Yves Saint-Laurent

Sinopse

Yves Henri Donat Mathieu-Saint Laurent nasce em 1936, em Orão, numa altura em que a Argélia é ainda uma colónia francesa. Aos 17 anos, deixa a casa dos pais rumo a Paris, onde vem a trabalhar com o estilista Christian Dior. Após a morte do seu mentor, torna-se, com apenas 21 anos e para espanto de todos, o responsável pela direcção criativa da casa Dior. Depois do seu primeiro grande desfile, que se revela um êxito e salva a empresa da ruína, conhece o empresário Pierre Bergé num encontro que mudará a sua vida. Amantes e parceiros de negócios, os dois associam-se e criam a casa Yves Saint Laurent que, durante as décadas de 1960/70, viria a alterar alguns dos mais importantes paradigmas do mundo da moda. Aliando o sentido prático ao requinte, é lançada a moda "prêt-à-porter", caracterizada por criações de autor a preços mais acessíveis, o que faz da marca um dos mais importantes símbolos de bom gosto e sofisticação. Em Janeiro de 2002, após um desfile onde faz uma retrospectiva dos seus 40 anos de carreira, o estilista faz o anúncio inesperado de que chegou a hora de se retirar. Seis anos depois, aos 71 anos, Yves Saint Laurent morre devido a um cancro cerebral.<br /> Um filme biográfico realizado por Jalil Lespert ("Des Vents Contraires") que adapta ao grande ecrã a obra de Laurence Benaïm sobre um dos mais importantes estilistas do séc. XX. No elenco, os actores Pierre Niney, Guillaume Gallienne e Charlotte Le Bon, entre outros. PÚBLICO

Realizado por

Jalil Lespert

Elenco

Guillaume Gallienne, Pierre Niney, Charlotte Le Bon

Críticas Ípsilon

As regras do figurino

Vasco Câmara

Eis um caso intrigante de uma personagem que se desprende, esvoaçando, do filme que a quis servir

Ler mais

A “biografia” oficial de Yves Saint-Laurent

Jorge Mourinha

Um biopic tradicional e elegante que não chega a ser mais do que um desfile bem filmado.

Ler mais

Críticas dos leitores

Maria

Porque será que ninguém se lembra da belissima banda sonora da autoria de Ibrahim Maalouf ? Essa sim, é uma parte notável do filme.

Continuar a ler

António

Filme muito bonito. Bravo.

Continuar a ler

Ana

Uma interpretação muito bem conseguida tanto de Pierre Niney como de Guillaume Gallienne nos papéis principais. <br />Uma biografia que retrata tanto a genialidade como o tormento em que Yves Saint Laurent vivia. <br />Um filme que explica a razão de o seu nome ter sobrevivido na história e porque permanecerá. Além de incríveis caracterizações e uma banda sonora deslumbrante.

Continuar a ler

Sherlock Holmes

Um filme claramente direcionada para um público culto e com classe. Na minha sala, pessoas saíram depois do primeiro beijo. <br />A minha questão é se achavam que o YSL ia passar o filme a desenhar bonecos.

Continuar a ler

Envie-nos a sua crítica

Preencha todos os dados

Submissão feita com sucesso!