Cinecartaz

José Miguel Costa

3 estrelas

"Ramen Shop", fruto de uma coprodução cinéfila entre Singapura, Japão e França sob a direcção de Eric Khoo, é uma viagem gastronómica pela cozinha oriental (de fazer crescer água na boca) pincelada de melodrama familiar (de sentimentalismo algo bacoco).
Conquista-nos mais pela barriga (com magnificas cenas de preparação de pitéus tradicionais - autênticos rituais exóticos) do que pela narrativa (simplista em demasia, com alguns desenvolvimentos no enredo dificeis de "engolir") que tenta reflectir sobre as repercussões (que ainda se fazem sentir na actualidade) da segunda guerra mundial na dinâmica relacional entre os cidadãos de Singapura e os japoneses.

A história central (de autoconhecimento e reconstrução de laços familiares através da "memória culinária") tem por protagonista Masato, o gerente de um pequeno restaurante em Takasaki (Japão), famoso pela qualidade do seu ramen, que após a morte repentina do seu austero pai, encontra entre os pertences deste um caderno da mãe com enigmáticos apontamentos biográficos e gastronómicos. Comovido com a descoberta, decide viajar até Singapura com o objectivo de conhecer as suas origens e História.

Publicada a 01-07-2020 por José Miguel Costa