Cinecartaz

Raul Gomes

Decepcionante

Enfadonho, com medíocres interpretações, num filme quixotesco cujo final é bem o exemplo de todo o filme.
A chuva torrencial com que termina não lava toda a miséria do argumento, e cujos actores são meros acessórios no conteúdo.
Jesse Einsenberg repete os mesmos histrionismos dos filmes anteriores, com o seu "peculiar" falar depressa, e nem sempre bem, e a confirmação do "flop" cada vez mais de Alexander Skasgard, que não faz justiça ao apelido. Salma Hayek, não representa, apresenta-se.

Publicada a 04-05-2019 por Raul Gomes