Cinecartaz

João

Lindo, emotivo, comovente

Lindo, emotivo, comovente. Um hino à coragem e ao talento. Um retrato do Brasil dos 70s. Um grande papel de Andreia Horta. Não liguem às críticas dos críticos do Público, esses alienados do cinema americano, e vão ver um belo filme, conhecer um pouco a vida de uma grande mulher e cantora brasileira.

Publicada a 07-10-2017 por João