Cinecartaz

JOSÉ MIGUEL COSTA

4 estrelas

"Desejos, o Amor Faz-se" é uma comédia erótica hilariante/colorida (com uns toques de humor negro) que nos relata sem quaisquer tabus ou preconceitos (apesar de "recatada"), e em modo "Almodovar (o do passado) light", cinco divertidas e positivas histórias paralelas (não interligadas entre si - apenas confluem no final) sobre 4 casais e uma solitária surda com vidas intimas não satisfatórias, por não darem livre azo às suas inconfessáveis parafilias ("taras") sexuais.
Paco Léon mostra-nos, num tom festivo (e sem cair no "piroso", embora, resvale fortemente nas "soluções finais"), que o desejo não tem lei (ok, isto era uma tentativa de trocadilho com o titulo "A Lei do Desejo" do Almodovar") e o amor (se não for "patológico") não tem fronteiras morais (portanto, a tão almejada felicidade romântica apenas será alcançada se cada um revelar a sua verdadeira identidade).

Publicada a 06-06-2016 por JOSÉ MIGUEL COSTA