Cinecartaz

Carlos Azevedo

Entre a vinganca e a culpa

O que mais me impressionou neste filme de Woody Allen sem descurar o todo foi a exemplar interpretação de Kate Winslet na última cena que a final resume o filme.
E aqui que o realizador se revela um mestre na direcção de actores, nomeadamente nas questões de consciência. A atriz está a olhar o infinito, demonstrando através da sua expressão o sabor da vingança, mas altamente dramatizado com o sentimento de culpa por não ter avisado o dono do restaurante.
E uma história de desencontros que são reais e muito ao gosto de Woody Allen, colocando o amor e a falta dele no topo das suas preocupações. Uma palavra para a impecável reconstituição da época. Magistral.

Publicada a 27-12-2017 por Carlos Azevedo