Cinecartaz

Pub
Cartaz do Filme

António, Um Rapaz de Lisboa

Título original:
António, Um Rapaz de Lisboa
De:
Jorge Silva Melo
Com:
Joana Bárcia, Lia Gama, Manuel Wiborg, Sylvie Rocha
Género:
Drama
Classificação:
M/12
Outros dados:
POR, 1999, Cores, 125 min.

"António, Um Rapaz de Lisboa" é o retrato de António, rapaz de Lisboa, nem rico nem pobre, nem desempregado nem empregado, nem delinquente nem enquadrado na vida social. Um rapaz que tenta sobreviver nos meandros da capital. António (Manuel Wiborg) tem quase 30 anos, não acabou o liceu, vive com um irmão na periferia da cidade, trabalha aqui e ali. Os pais estão separados e a mãe, Carmen (Lia Gama), envelhece sozinha. António vai e vem entre duas mulheres: uma mais velha, Teresa, com quem teve um filho, outra, Ana (Sylvie Rocha), que conheceu no metropolitano e com quem tenta recomeçar uma vida que nunca mais se endireita. São dias de indecisão, anos em que António se arrasta sem se definir numa Lisboa em obras. As paragens de autocarro, as entrevistas para arranjar emprego, os cafés sujos, o metro à noite, os centros comerciais de bairro, as lojas de fotocópias, os arrumadores de automóveis, os hospitais, um encontro à chuva, as creches onde se colocam os filhos, a dura ressaca, o Corte Inglês, as cervejarias onde se mata o tempo... "António, Um Rapaz de Lisboa" foi inicialmente um espectáculo de teatro estreado em 18 de Setembro de 1995, no Grande Auditório da Fundação Gulbenkian, e que viria a ser reposto em Abril de 96 no Cinema Tivoli com produção do Teatro Nacional D. Maria II. O filme conta ainda com as interpretações de Paulo Claro, Isabel Muñoz Cardoso, Joana Bárcia, Ivo Canelas, Miguel Borges e Glicínia Quartim.

PUBLICO.PT

PUB

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores

Não existem críticas dos nossos leitores. Por favor envie-nos a sua através do formulário à sua esquerda.