Cinecartaz

Pub
Cartaz do Filme

A Teta Assustada

Título original:
La Teta Asustada
De:
Claudia Llosa
Com:
Magaly Solier, Susi Sánchez, Efraín Solís
Género:
Drama
Classificação:
M/12
Outros dados:
Peru/ESP, 2008, Cores, 98 min.

Entre os turbulentos anos 70 e 90, em que o Peru vivia aterrorizado nas mãos de Sendero Luminoso (organização terrorista fundada, em 1960, por Abimael Guzman), nasceu uma crença sobre uma doença transmitida pelas mulheres violadas que estivessem grávidas ou a amamentar: o seu leite estaria contaminado pela tristeza e essas crianças seriam, para sempre, infelizes e desalmadas.
Fausta (Magaly Solier), ainda no útero materno, assistiu à violação da sua mãe e hoje é uma Teta Assustada. Agora, depois da morte dela, para que possa sobreviver ao mundo, terá que curar a sua tristeza e ultrapassar o seu medo paralisador.
Segunda longa-metragem da peruana Claudia Llosa (depois de "Madeinusa" em 2006, também com Magaly Solier como protagonista), foi nomeado para o Óscar de melhor filme estrangeiro de 2010, sendo o filme vencedor do prestigiante Urso de Ouro em Berlim (2009).

PÚBLICO

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 53 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores