Cinecartaz

Pub
Cartaz do Filme

A Greve

Título original:
Stachka
De:
Sergei M. Eisenstein
Com:
Aleksandr Antonov, Grigori Aleksandrov, Mikhail Gomorov, Yudif Glizer
Outros dados:
URSS, 1924, Preto e Branco, 82 min.

Este é um filme que não era suposto existir: foi declarado oficialmente perdido durante o período estalinista depois de ter sido atacado na Rússia e renegado pelo próprio Eisenstein; foi banido em vários países e a outros nunca chegou. Filmado em 1924, acabou por ser redescoberto nos arquivos soviéticos depois de 1953, ano da morte de Estaline. "A Greve" é uma visão embrionária da estética de Eisenstein (o primeiro cineasta a usar verdadeiras técnicas de montagem) e um verdadeiro compêndio de cinema experimental. Nesta sua primeira incursão pelo cinema, o realizador põe em prática algumas das suas teorias, como acontece com a criação de metáforas visuais a partir da associação de imagens aparentemente não relacionadas (um exemplo são os rostos dos denunciantes, comparados com os dos animais). A história começa com as humilhações e abusos que sofrem os trabalhadores de uma fábrica metalúrgica na Rússia dos czares, que os leva a enfrentarem os patrões, e recria uma greve que ocorreu em 1912 no país. O estilo é um misto de expressionismo e "commedia dell'arte" que se cruzam numa evidente atracção pelo bizarro.

Carla B. Ribeiro (PUBLICO.PT)

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 9 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Não existem votos dos nossos críticos.

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores

Não existem críticas dos nossos leitores. Por favor envie-nos a sua através do formulário à sua esquerda.