Cinecartaz

Pub
Cartaz do Filme

A Ponte do Rio Kwai

Título original:
The Bridge On The River Kwai
De:
David Lean
Com:
Alec Guinness, Jack Hawkins, Sessue Hayakawa, William Holden
Género:
Drama, Guerra
Classificação:
M/12
Outros dados:
GB, 1957, Cores, 156 min.

Um clássico de David Lean que foi também o seu primeiro grande sucesso. “A Ponte do Rio Kwai” conta a história do rígido Coronel Nicholson (Alec Guinness) e dos seus homens. O campo japonês na Birmânia (hoje Myanmar) onde estão presos serve de cenário à guerrilha entre os dois oficiais de comando das forças opostas, o Coronel Nicholson e o japonês Coronel Saito (Sessue Hayakawa). A tarefa dos prisioneiros é construir uma ponte essencial para os japoneses sobre o rio Kwai. Nicholson impõe as suas regras a Saito, invocando as regras da Convenção de Genebra que impedem os oficiais de fazerem trabalhos manuais. Saito não aceita o argumento facilmente e gera-se um clima de tensão fora do normal, principalmente quando os soldados britânicos saem para trabalhar e os oficiais ficam no campo. O filme conquistou sete dos oito Óscares da Academia de Hollywood em 1958 para os quais tinha sido nomeado. Entre eles, destaca-se o Óscar de melhor actor principal para Alec Guinness pela sua magnífica interpretação, o de melhor realizador para David Lean, o de melhor banda sonora, da responsabilidade de Malcolm Arnold, e o de melhor filme para Sam Spiegel.

PUBLICO.PT

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 7 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Não existem votos dos nossos críticos.

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores

Não existem críticas dos nossos leitores. Por favor envie-nos a sua através do formulário à sua esquerda.