Cinecartaz

Victor Sousa

... e a Lassie?

A pretexto de uma apologia à conciliação entre raças, em si mesmo de aplaudir, o filme vai a 1962 pintar de cor-de-rosa uma época hedionda de violência e repressão. A sala, cheia, divertia-se com os clichés a que só faltou a Lassie na festa final. Óscar do melhor filme? Está assim, Hollywood!

Publicada a 04-03-2019 por Victor Sousa