Cinecartaz

Raul Gomes

Nada é impossível

Para os produtores deste filme os meus parabéns. Nas diversas acções de perseguições, especialmente Paris e, talvez a melhor que eu vi nesta cidade, fazendo lembrar e, ao mesmo tempo esquecer, o "especialista" Luc Besson, superando-o, o que se me configurava missão impossível. Mas não, esta é para lembrar para sempre, pois seguramente, este foi o melhor filme da saga. Ainda por cima, quase não recorrendo aos efeitos CGI. Um filme "à moda antiga" em que o actor é o próprio interveniente na maioria das cenas de acção. Vale o esforço de Cruise, apesar de já apresentar e de que forma, o efeitos dos anos já passados, que se reflectem no próprio enredo e desempenho. Belíssima fotografia e fabulosos locais de gravação. Talvez o último, seria bom para fechar com chave de oiro.

Publicada a 06-08-2018 por Raul Gomes