Cinecartaz

Manuel Nogueira

O melhor Batman de sempre

Deixem-me dizer desde já que não era grande fã do primeiro filme. Apesar de tecnicamente bem feito, tinha um tom muito sombrio que, penso eu, não se adequa ao universo do Super-homem. Eu cresci a ver os filmes do Christopher Reeve, o que explica em parte esta minha opinião. Ainda assim, quando soube que ia estrear este novo filme, resolvi ir ver, sobretudo por estar curioso em relação ao Ben Afleck como Batman. E deixem que vos diga: este filme vale sobretudo pelo seu desempenho. Ele é simplesmente o melhor Batman de sempre. Finalmente posso dizer que vi o Batman da BD no grande ecrã! Quanto ao filme em si, é bom sem ser excelente. Continua excessivo no que toca a destruição e violência (o Super-homem da BD nunca faria o que este faz, nunca mostraria o desrespeito pela segurança das pessoas que este mostra) mas os efeitos especiais são excelentes e os desempenhos dos actores são igualmente bons. O argumento é algo superficial e sofre sobretudo com o excesso de temas que pretende cobrir (eram precisas 4 ou 5 horas para tratar devidamente todos os temas, não as 2h30m que o filme tem). Mas vale pela introdução de novos heróis da DC Comics e por abrir a porta à Justice League. Mas sobretudo, e como já referi, vale pelo Ben Afleck, o melhor Batman de sempre. Mal posso esperar pelo filme a solo!

Publicada a 28-04-2016 por Manuel Nogueira