Cinecartaz

Filipe

Gostei

Enredo pouco propício para um filme cativante. Portanto bom trabalho do realizador, mais focado no drama humano do que na realidade politica da época. Passeio interessante por Berlim pós segunda guerra, uma jovem RDA em afirmação, a União Soviética no seu auge, e os USA com princípos e valores mas ainda no rescaldo do Macartismo. Tom Hanks não sai favorecido, mas o Mark Rylance está fantástico, digno do oscar para melhor actor secundário.

Publicada a 30-11-2015 por Filipe