Cinecartaz

Nazaré

Grande produção no seu todo

Apesar de termos um Ben Affleck ao seu nível habitual, isto é, assim-assim, a sua personagem está envolvida por um elenco e uma produção de tal qualidade que nem damos muito pela sua insipidez. Em especial Rosamund Pike é fantástica. E toda a saga que nos leva a um final (que é um hino ao cinismo dentro do casamento) é extremamente bem urdida, muito bem contada (reutilizando magistralmente a técnica de Tarantino de contar a mesma história a partir das perspectivas das diferentes personagens), prende-nos ao écran sem dó nem piedade. Do melhor que se tem visto.

Publicada a 02-01-2015 por Nazaré