Cinecartaz

Tiago Martins

Demasiado simplista

Este filme junta dois temas que atrairão qualquer leitor: holocausto e livros. Não dizendo que a história é má - que não é -, também não podemos dizer que é boa, porque não é.
Desde o sucesso de  "A Lista de Schindler" que tem havido um aproveitamento um bocado macabro por este episódio negro da nossa História e, na minha opinião, juntar-lhe os livros só para dar um ar Anne Frank, é um exagero que considero desnecessário.
Quem estiver disposto a ignorar estes clichés, pode ter aqui um bom filme, mas nada de especial.

Publicada a 23-01-2014 por Tiago Martins