Cinecartaz

André Paiva

o melhor filme de 2013

Lamento discordar com o sr. Luís Miguel Oliveira na sua crítica, mas devo dizer que apenas quem não conhece realmente o trabalho de McQueen é que afirma a melhor coisa no filme é a banda sonora. Não é, em nenhum dos filmes, apesar de ser sempre muito boa e perfeitamente coerentes com as imagens.
McQueen, em 3 filmes, ganhou vários prémios de melhor filmagem, incluindo o camera d'or no festival de Cannes. A grande magia de McQueen está essencialmente na forma como o filme é filmados. Um conjunto de imagens fabulosas e planos estrondosos que não se vêem noutros filmes e muito menos no cinema Hollywood.
Um outro aspecto que faz McQueen o realizador que é, são os cenários crus em que ele insere as personagens. São filmes chocantes, que dão a volta ao estômago (como o caso de Fome) e que, claramente não são filmes com o propósito de serem bonitos, ao contrário da grande parte dos filmes de Hollywood, que cinema se pode designar.
Os filmes de McQueen são autênticas obras de arte, em todos os níveis, que, como outros muito, acompanharão, com certeza, a história do cinema mundial.

Publicada a 10-04-2014 por André Paiva