Cinecartaz

Luís Telles

Fraude!

O que mais incomoda neste filme não é o esquematismo com que se narram 50 anos de história dos EUA nem o traço grosso e caricatural a que são reduzidas as personagens, mas a surpreendente falta de convicção de um projeto que pretende ser de denúncia e não passa de um lamentável exercício de complacência. Spike Lee, por onde andas?

Publicada a 26-09-2013 por Luís Telles