Cinecartaz

SP

Incrivelmente Bom

É por estes meandros que encontramos seres vivos que confrontados com arte, mostram a mediocridade e a imbecilidade. Este é um filme que transmite várias mensagens, para quem sabe ler, ou seja, hajam neurónios, porque é interdito a imbecis. O garoto irritante, como disse um qualquer ignóbil português, deveria ter ganho um Óscar pela interpretação. O miúdo retrata a dor da perda, associada ao sindroma de Asperger, em todas as limitações e fantásticas capacidades. Ensina a ultrapassar os medos, passo a passo, para alguém que os tem e teria de conviver com eles, e que tem a capacidade de reconhecer e evoluir. Brilhante, uma grande lição de vida em todos os prismas. Isto para quem sabe o que é a vida, não é entendido para quem apenas sobrevive.

Publicada a 14-03-2012 por SP