Cinecartaz

Paulo Soares

O Tintin de Spielberg

O título do filme parece antever que a aventura se centraria no album que lhe dá nome, o que de facto não acontece. O filme é uma salada de vários livros do Tintin ou seja é outro Tintin com o mesmo rosto. Detectei pelo menos a mistura de 4 livros.

Estranho que os detentores dos direitos tenham permitido que se escrevesse uma história nova sobre Tintin. Para além da formidável expressão tridimensional, este Tintin Spielberg não tem a modéstia das intervenções nem a espontaneidade da acção do Tintin Hergé. Clichés de Indiana Jones adaptados são os sinais mais evidentes da fraca prestação dos realizadores. Dificilmente irei ver o seguimento deste triste filme. Pobre Tintin...

Publicada a 06-11-2011 por Paulo Soares