Cinecartaz

M.C

Salazar

Estranho a votação dos habituais críticos que, normalmente, é tão parca em estrelas!!! Não conheço o filme, por isso não posso classificá-lo. Quanto ao tema, tem interesse, sem dúvida, mas não deixará de ser redutor. Esse foi o lado negativo, sombrio do salazarismo. Não sou fã de Salazar, mas é impossível não reconhecer que tinha uma inteligência brilhante, que percebia a fundo de Economia, que não vergava a espinha a potências e governos estrangeiros, que nunca usou em proveito próprio os bens do Estado, ou seja, o que é do povo (por isso, nunca enriqueceu...). E, como Estadista (com E grande), mete num chinelo todos os políticos que nos governam! Não somos nós que somos ingovernáveis. Esta "choldra" é que não sabe governar, não faz ideia do que anda a fazer e "engorda" à custa dos que pouco têm! Admiro a liberdade de pensamento e a coragem de Otelo Saraiva Carvalho ao afirmar que precisávamos de um homem com a inteligência e honestidade de Salazar. Sim, sou da mesma opinião, mas sem o lado negro. Será possível existir alguém assim??

Publicada a 23-04-2011 por M.C