Cinecartaz

M

Diálogos mexicanos

Tantos estereótipos dignos da melhor novela mexicana num só filme. Será possível? Tantas cenas ridículas (como a visita ao hospital de Nina para entregar os objectos roubados à bailarina aposentada, que entretanto resolvera atirar-se para debaixo de um carro, por ter sido substituída... que se auto mutila com um abre cartas...). Diálogos inconsequentes, dignos de um filme porno: "vamos a minha casa tomar um copo...”, “És virgem?” O porteiro chama um taxi....

Publicada a 19-02-2011 por M