Cinecartaz

Nazaré

Demasiado

Admirei neste filme a proeza de conseguir que Jeff Bridges não fosse Jeff Bridges, idem quanto a Matt Damon. Não é só uma questão de caracterização com barbas, bigodes, olhos à Camões, etc.: é uma caracterização "interior", um desenvolvimento das personagens que é, em geral, impecável. A história está muito bem arquitectada, à parte o supérfluo de alguns episódios nitidamente "para encher", e aldrabices como a instantânea secagem da roupa, ainda por cima em época de frio. Mas é um dos melhores filmes dos manos Coen, sem dúvida. Os actores e actriz são todos excelentes, com o bónus de rever-se Barry Pepper.

Publicada a 06-03-2011 por Nazaré