Cinecartaz

pedro alhinho

Nós e os outros, nós no outro

Um filme que respira vida. Somos quem parecemos? Temos uma imagem melhor do que o que somos? Relacionamos com pessoas ou com a representação do que sonhamos? Conseguimos comunicar o que sentimos? Tentamos perceber o que nos dizem? Um filme a ver por todos aqueles que não sabem que uma relação é mais do que soma de duas individualidades. Com o "extra" de uma Juliete Binoche deliciosamente humana, insuportavelmente angustiada.

Publicada a 09-01-2011 por pedro alhinho