Cinecartaz

Tiago Pereira da Silva

Into the wild

Por: Tiago Pereira da Silva

(�) A cena em que Penn coloca Emile Hirsch a cantar a bordo de um comboio as palavras: "Trailer for sale or rent, rooms to let, fifty cents, No phone, no pool, no pets"(�)� extraordin�ria. Num plano de c�mara fant�stico, em que a mesma se vai �evaporando� no ar, para de repente, entrar no universo da personagem de Chris a pernoitar no comboio, e, ao som de �King of the road� de Roger Miller (apropriadamente escolhida) vamos observando uma l�gica de improviso do actor. Ele � Chris, ele � tamb�m uma esp�cie de �Hurricane� ou �Rocky Marciano� deambulando com os bra�os, como se nada o atingisse, � a� que rodando um sem n�mero de vezes a cara na escurid�o altiva da noite, (que Penn sob captar e fazer sobressair, apenas, a iluminada presen�a-luz de seu rosto) deitando-se lentamente no ch�o, ele se transforma num homem - pleno de realiza��o. Aceita a sua condi��o de vagabundo aventureiro (no melhor sentido do termo) e demonstra-nos a felicidade da liberdade total.

� um momento crucial do filme. Estou em crer que ao recorrer a uma reminisc�ncia do sentimento da personagem, atrav�s da m�sica �King of the road�, Sean quis revelar-nos um pouco sobre o amadurecimento da personagem - Chris. Uma poss�vel interpreta��o: da� em diante, ele passa a ser homem.
Esta cena �, para mim, um momento de iconografia cinematogr�fica que merece ser recordada em muitos e muitos anos de cinema. Arrepiante de t�o bem conseguida. Estava capaz de perder-me nos meandros do que escrevo� mas prefiro n�o revelar tudo o que a cena representa para mim (...)

Publicada a 09-02-2008 por Tiago Pereira da Silva