Cinecartaz

Carlos Luís Ramalhão

Harry Potter dormente

O filme prometia, após um antecessor bem-sucedido, ao qual não era alheia, para mim, a presença de Jarvis Cocker, tenho que admitir. Previa-se, pelos cartazes, uma tendência para escurecer, com elementos mais adultos, tal e qual como as personagens. Os actores estão bem, se bem que Radcliffe uns furos acima dos amigos. A personagem de Imelda Staunton é irritante, não foi bem conseguida, a sua infantilidade contrasta com o crescimento esperado. Desiludi-me. Tive dificuldades em manter-me acordado. O regresso recente ao trabalho e o facto de ter ido à última sessão servem de desculpa, mas não justificam o tédio e a ausência de conteúdo. O pior da série até agora.

Publicada a 23-07-2007 por Carlos Luís Ramalhão