Cinecartaz

Pub

Clash

Título original:
Clash
De:
Mohamed Diab
Com:
Nelly Karim, Hani Adel, El Sebaii Mohamed
Género:
Drama, Thriller
Classificação:
M/14
Outros dados:
FRA/EGI, 2016, Cores, 97 min.

Esta obra de Mohamed Diab, que se estreou na realização em 2010 com "Cairo 678", foi o filme de abertura da secção Un Certain Regard do Festival de Cannes de 2016. Desenrola-se totalmente dentro de uma carrinha da polícia durante os protestos de rua que assolaram o Egipto em 2013, enquanto uma multidão se manifesta nas ruas. É nessa carrinha que estão detidas, sob um calor abrasador, várias pessoas dos dois lados do conflito, sem água nem acesso a cuidados sanitários – algumas, como um repórter e um fotógrafo, acusadas de pertencerem à Irmandade Muçulmana, que o exército tinha acabado de depor. O filme esteve quatro anos para ser finalizado. Diab, que esteve envolvido no movimento que levou à demissão de Hosni Mubarak, queria originalmente fazer um filme sobre a própria revolução, mas acabou por se lançar ao que veio depois. PÚBLICO

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 22 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores

  • JOSÉ MIGUEL COSTA

    3 estrelas

    O movimento popular Primavera Árabe, que varreu o médio oriente com uma lufada de (falsa)  (continuar a ler)

  • Ana Maria Morais

    Clash

    Num espaço muito limitado, "carro-cadeia", faz-se o retrato do clima de tensão q (continuar a ler)