Cinecartaz

Pub

Mamma Mia! Here We Go Again

Título original:
Mamma Mia! Here We Go Again
De:
Ol Parker
Com:
Amanda Seyfried, Lily James, Meryl Streep, Cher, Andy Garcia, Dominic Cooper, Pierce Brosnan, Stellan Skarsgård, Colin Firth
Género:
Comédia, Musical
Outros dados:
EUA, 2018, Cores

Alguns anos após os eventos do primeiro filme, Sophie vive com Sky na ilha grega de Kalokairi e aguarda impacientemente o nascimento do primeiro filho de ambos. Um pouco insegura em relação às responsabilidades que a maternidade implica, a rapariga inspira-se na história de vida de Donna, a sua mãe que, mesmo sozinha, conseguiu vencer todos os obstáculos. E com a ajuda de Tanya e Rosie, as melhores amigas de Donna, faz uma viagem aos loucos anos 1970, quando a progenitora conheceu os três grandes amores da sua vida, fez parte do trio Donna & the Dynamos e se tornou proprietária de um pequeno hotel numa ilha paradisíaca. No percurso, Sophie vai conhecer alguém muito especial: Ruby Sheridan, a sua excêntrica avó materna.
Continuação de "Mamma Mia!" (realizado, em 2008, por Phyllida Lloyd), uma comédia musical com realização de Ol Parker ("Imagina Só", "Agora Fico Bem"), a partir de uma história sua, de Catherine Johnson e de Richard Curtis. Meryl Streep, Amanda Seyfried, Julie Walters, Christine Baranski, Pierce Brosnan, Colin Firth, Stellan Skarsgård e Dominic Cooper voltam às personagens do primeiro filme; Lily James, Jeremy Irvine, Hugh Skinner, Josh Dylan e Cher juntam-se ao elenco. PÚBLICO
 

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 114 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Não existem votos dos nossos críticos.

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores