Cinecartaz

Pub

12 Indomáveis

Título original:
12 Strong
De:
Nicolai Fuglsig
Com:
Chris Hemsworth, Michael Shannon, William Fichtner, Michael Peña
Género:
Drama, Acção, Histórico
Classificação:
M/14
Outros dados:
EUA, 2018, Cores, 130 min.
Links:
Site Oficial

Em 2001, logo após os atentados de 11 de Setembro, uma equipa de soldados de elite das Operações Especiais do Exército dos Estados Unidos, em colaboração com a CIA e a Força Aérea, segue missão no norte do Afeganistão. Depois de entrarem secretamente no território, estes homens tornam-se responsáveis por colocar em prática uma missão ambiciosa: convencer o comandante Abdul Rashid Dostum, um importante membro da Aliança do Norte (ou Frente Islâmica Unida para a Salvação do Afeganistão, uma organização político-militar criada pelo Estado Islâmico do Afeganistão com o fim de unir diversos grupos afegãos contra os taliban) a confiar neles como seus aliados. O objectivo é unir forças e conhecimentos das diversas tropas para capturar dois dos mais importantes inimigos comuns: Mohammed Omar, líder dos taliban; e Osama bin Laden, o terrorista que chefiava a Al-Qaeda.
Com argumento de Ted Tally e Peter Craig, um drama de guerra realizado por Nicolai Fuglsig ("Exfil") que tem por base a obra de não-ficção "Horse Soldiers", escrita por Doug Stanton. Os actores Chris Hemsworth, Michael Shannon, Michael Peña, Navid Negahban, Trevante Rhodes, Geoff Stults, Thad Luckinbill, William Fichtner e Rob Riggle dão vida às personagens. PÚBLICO
 

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 19 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Não existem votos dos nossos críticos.

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores