Cinecartaz

Cinzento e Negro

Título original:
Cinzento e Negro
De:
Luís Filipe Rocha
Com:
Joana Bárcia, Filipe Duarte, Miguel Borges
Género:
Drama, Thriller
Classificação:
M/12
Outros dados:
BRA/POR, 2015, Cores, 126 min.

Maria é traída por David, o marido, que rouba todo seu dinheiro e foge para ilha do Pico, nos Açores. Destroçada e com um enorme sentimento de humilhação, ela só anseia por vingança. É então que resolve contactar Lucas, um inspector de polícia, para encontrar pistas sobre o paradeiro do ex-companheiro. Porém, numa visita à ilha do Faial, Lucas apaixona-se por Marina, empregada no Peter Café Sport, situado no centro histórico da cidade da Horta. Este amor vai alterar o curso dos acontecimentos...
Produzido pela Fado Filmes, um filme dramático sobre amor, traição e vingança que conta com Luis Filipe Rocha ("A Outra Margem", "Adeus, Pai") na realização e no argumento. Em competição na edição de 2015 no Festival Caminhos do Cinema Português, saiu vencedor em duas categorias: Melhor Actor (Filipe Duarte) e Melhor Banda Sonora Original (Mário Laginha). "Cinzento e Negro" foi ainda o filme vencedor do Festival de Cinema Figueira Filme Art, arrecadando os prémios de Melhor Filme, Melhor Realização, Melhor Argumento (Luís Filipe Rocha), Melhor Actriz (Joana Bárcia) e Melhor Fotografia (André Szankowski). Marcou também presença no Festival dos Cinemas do Mundo de Montreal (Canadá) e na 39.ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil). O elenco conta com os desempenhos de Joana Bárcia, Miguel Borges, Filipe Duarte e Mónica Calle. PÚBLICO

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 40 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores