Cinecartaz

Francisco Zuzarte

À volta com a familia Oecan

Numa altura em que ainda se projectava filme em celulóide (mais tarde passou para polyester) e as máquinas de projectar tinham uma alavanca onde se tinha de dar umas quantas voltas antes de se ligar o motor, isto para que não corrêssemos o risco de o filme se partir. Oceans’8 que, no final, deixa a certeza de que vai haver sequela e a dúvida se Danny Ocean terá mesmo morrido, é um filme agradável com alguns desempenhos muito bons. Cate Blanchett e Helena Bonham Carter são disso exemplo. Mas é preciso rodar a avalancha que referi algumas vezes até o filme ganhar fôlego. Ainda assim está inteligente q.b., apesar da cena do roubo do colar, fazer lembrar “Deja Vu” de Brian de Palma. Para a festa do roubo, junta-se uma quantidade incrível de gente conhecida. Serena Williams é a única que me lembre que tem direito a umas quantas linhas e não vi Scharapova para desgosto meu. Perdoem-me este desabafo, mas aceitem um conselho, vejam o filme, sobretudo numa sala onde esteja muita gente jovem, 10, 12 anos, com os seus familiares divertiram-se. É bom sentir isso. Pergunta final que posso estar errado. A ficha do “Público” refere Matt Damon mas eu não o vi. Estarei errado?

Publicada a 27-06-2018 por Francisco Zuzarte