Cinecartaz

Rui

Maniqueísmo feminista

Aquilo que poderia ter sido um filme denunciando a utilização das crianças como arma entre adultos desavindos, não foi.

Aquilo que poderia ter sido uma denúncia da chantagem feita pelas mulheres contra os ex-maridos, não foi.

Ficamos com um filme maniqueísta onde o homem é um bruto e a mulher uma protetora das crianças.

Publicada a 10-04-2018 por Rui